Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, Livros, Rádio



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
Blog de cassianomacedo


Charles Spencer, mais conhecido como Chaplin, nasceuem 1889 e morreu em 1977.Grande ator e roteirista, produtor e diretor de cinema, foi um dos gênios do século XX.

Seu nome nunca será esquecido por aqueles que possuem um mínimo de cultura e não estejam contaminados pela "mesmice" dos dias atuais.

Abaixo coloco um pensamento desse grande artista, que tem tudo a ver com os dias de hoje, ou mais precisamente no século XXI.

 

"Continuo sendo apenas um coisa: um palhaço. E isso me coloca em  plano muito superior ao de qualquer político"

 

Uma observação:Não sou daqueles que querem o fim da política e acham que todos são ladrões e "safados", até porque tenho conhecidos sérios que estiveram anos na política e não me decepcionaram, mas a classe política é um setor da socidade muito complicado.

 

 



Escrito por cassianomacedo às 20h38
[] [envie esta mensagem] []



Marechal Rondon

O Marechal Cândido Rondon, foi um dos grandes nomes da História do nosso país, sendo um dos responsáveis pela integração do nosso enorme território, instalando linhas telegráficas pelo sertão brasileiro.

Abaixo um texto sobre o papel desse brasileiro, hoje nome de um dos estados da nossa federação.

 

         O ano de 2.007 marca o centenário de um grande e importante momento da história das comunicações no Brasil.

         Foi exatamente há cem anos que  foi instituída no Brasil a Comissão Rondon, que desbravou o interior do Brasil para instalar linhas telegráficas, ao mesmo tempo que entrou em  contato com tribos  indígenas ainda desconhecidas e revisou a geografia do Brasil.

         O telégrafo hoje esquecido , foi de grande importância para um país continental como o Brasil, porque durante séculos os correios tiveram a primazia de serem o único sistema de comunicação existente.

         O sistema de telégrafo no Brasil foi implantado no país no ano de 1852, oito anos após a primeira instalação nos Estados Unidos.

         Em 1886 a rede telegráfica brasileira já contava com mais de dez mil quilômetros e extensão atendendo 173 localidades situadas de Norte a Sul.

         Mas foi nesse período que o então capitão  do Exército Brasileiro Cândido Mariano da Silva Rondon começava os preparativos que seria a a construção de linhas telegráficas que integrariam o vasto oeste brasileiro ao litoral.

         O Marechal Rondon teve uma vida dedicada as comunicações, além de trabalhar também com sertanista pacificando tribos indígenas e criando parques indígenas.

         Seu nome hoje está perpetuado na nossa história. O atual estado de Rondônia homenageia esse ilustre brasileiro que foi indicado pelo senador Expedito Júnior do PR de Roraima para ter seu nome inscrito no Livro dos Heróis Nacionais, que homenageia os heróis da pátria.

 

 

( fonte de pesquisa: Minc anuário 1984 e Jornal do Senado p. 12 BSB 97 a 13/05/2007)

 

 

 



Escrito por cassianomacedo às 22h14
[] [envie esta mensagem] []



Radialista Pedro Geraldo Costa

Nesse texto procuro colocar algumas informações sobre  Pedro Geraldo Costa, radialista que durantes anos trabalhaou na Rádio Nacional e na Rádio Globo.

 Não posso precisar, mas Pedro Geraldo Costa foi o primeiro a pedir que os ouvintes colocassem um copo de água em cima do rádio na hora da benção que no seu programa era dada pelo Padre Donizete.

Hoje ouvimos alguns comunicadores fazendo o mesmo e também colocando momento de oração em seu programa, mas Pedro Geraldo Costa já fazia isso desde os anos 50.

Abaixo segue nosso texto como homenagem a esse importante nome do rádio.

 

 

 


            No dia 22 de junho de 1920, nascia na cidade de Bragança Paulista  Pedro Geraldo Costa que durante muitos anos foi um dos grandes nomes do rádio paulista.

         Pedro Geraldo Costa se notabilizou com um programa que ficou no ar durante décadas,  que se chamava A hora da Ave-Maria, na extinta Rádio Nacional de São Paulo exatamente ás 18:00 horas, onde o famoso Padre Donizete Tavares de Lima da cidade de Tambaú  dava a sua benção.

 

Pedro Geraldo Costa  pedia ao final da benção, que os ouvintes colocassem um copo em cima do seu rádio  e que deveriam após a benção beber a água.

 

Como radialista, Pedro Geraldo Costa era muito criativo e criou muitos slogans  e jingles para a publicidade como aquele Sai da Lata Maria,entre outros.

 

O radialista organizou vários eventos em São Paulo, que atraíram multidões de toda cidade, como foi uma chuva de rosas em homenagem em homenagem a Nossa Senhora Aparecida , sendo esse evento organizado na década de 50, quando um aviãozinho antigamente chamado de teco-teco, jogou milhares de rosas no vale do Anhangabaú.

 

Pedro Geraldo Costa era muito católico e depois organizou outro evento muito anunciado em seu programa, que foi a chegada da Cruz de Jerusalém

no Vale do Anhangabaú, onde mais uma vez teve uma chuva de rosas que

 emocionou a todos.

 

Como bom cristão, ele procurava usar o seu prestígio nas comunicações, para ajudar os mais necessitados e sem dúvida foi o precursor da Cesta Básica, criando uma sacolinha de mantimentos  para os mais necessitados entregues no chamado Quartel do Povo,localizado na rua da Consolação.

 

Além da sacolinha para os mais necessitados, criou também a Farmácia do Povo, onde era doado remédios para aqueles que não tinham condições de comprá-los.

 

Foi  vereador e foi deputado e se candidatou a Prefeito, mas não conseguiu o seu intento.

 

Sem dúvida o nome de Pedro Geraldo Costa merece ser lembrado não apenas como grande nome do rádio, mas como um ser humano excepcional, que usava sua capacidade de comunicador para viver, sem esquecer do próximo.

 

 Observação: Em tempos em que a atuação dos políticos é muito questionada quanto a ética Pedro Geraldo Costa merece ser lembrado com muito carinho e respeito, porque nunca esqueceu do próximo.

 

Essa é a homenagem do programa Encontro DX ao radialista Pedro Geraldo Costa, que nasceu no dia 22 de junho de 1920.

 

 

      

 



Escrito por cassianomacedo às 18h24
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]